Mark Finley prega no Unasp

Escrito por Tatiane Virmes em 16 de novembro de 2011

O Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Engenheiro Coelho, recebeu, no dia 5 de novembro, um dos lideres mundiais da Igreja Adventista do Sétimo Dia, o pastor Mark Finley. O evangelista esteve acompanhado por representantes nacionais e internacionais do Maranatha International e suas palavras foram traduzidas pelo pastor Valdecir Lima.

Finley ministrou o sermão do culto na parte da manhã, enfatizando a importância da oração. Robson Moura, estudante do 1º ano de Teologia, afirma que a forma como Finley expôs a oração, ilustrando com a experiência de Valdecir Lima, foi o que mais o impressionou.  “Eu tomei a decisão de orar mais”, declara.

Pela tarde, Finley, juntamente aos representantes do grupo Maranatha International, apresentaram ao público os projetos e desafios que estão sendo desenvolvidos a nível mundial. Finley já atua no ministério há 46 anos e é mundialmente conhecido por suas séries evangelísticas e por seus livros.

Em entrevista à Agência Brasileira de Jornalismo (ABJ), o evangelista comentou sobre o Maranatha International, o crescimento da igreja e seu ministério.  Acompanhe a entrevista na íntegra:

ABJ - Pastor, o que é o Maranatha International?

Mark Finley -Eles Trabalham em cooperação com a Conferência Geral para construir igrejas ao redor do mundo. Estamos com poucas igrejas. Atualmente precisamos de cerca de 100 mil igrejas e 60 mil escolas. O Ministério Maranatha organiza, apoia e financia o projeto para que inúmeras pessoas possam participar.

ABJ - Há quanto tempo o senhor atua como evangelista?

Finley -Há 46 anos atuo nesse ministério. Tenho o privilégio de viajar por vários países do mundo, pregando. Quando eu olho para trás, me sinto ricamente abençoado e sou extremamente grato a Deus por isso.

ABJ - Por que a área evangelística?

Finley -Quando Deus te chama para algo você fica com isso no coração, então, eu colocaria desta forma: eu não escolhi ser um evangelista. Deus escolheu e eu respondi ao seu chamado.

ABJ- Como você avalia a missão adventista mundialmente?

Finley -A igreja adventista tem crescido rapidamente ao redor do mundo. No ano de 1863, por exemplo, quando os adventistas receberam seu nome, tínhamos um adventista para cada 363 mil pessoas no mundo. Atualmente, existe um adventista para cada 418 pessoas. Demorou 107 anos para alcançar o primeiro milhão de adventistas. Hoje temos um milhão de pessoas por ano.  Nós enfrentamos dificuldades. Existem lugares que são desafiadores, certamente, mas a igreja está crescendo. Somos 17 milhões de adventistas atualmente, e crescemos a cada dia.

ABJ - O que você mais aprecia no Brasil?

Finley -Primeiramente, as pessoas. Elas são vibrantes, têm um senso de positivismo na forma de lidar com o cristianismo e eu, particularmente, admiro isso. Existem também muitos jovens na igreja no Brasil e eu aprecio a paixão pela missão e o compromisso com a igreja.

ABJ - Quais serão suas primeira palavras a Jesus, quando vê-lo?

Finley -A primeira coisa que vou fazer é ficar maravilhado com a sua graça, amor e bondade e vou agradecer por me salvar. Acho que vou cantar com os anjos, “Santo, santo, santo é o cordeiro...”.

ABJ- Que mensagem você deixa para os universitários brasileiros?

Finley -Deus tem te dado um destino como universitário, mas Ele te chamou para algo além. Você pode se perguntar: “Qual o significado da vida, o que realmente vale a pena?”, mas Deus tem algo especial para você, um futuro brilhante. Quando você entrega sua vida, Deus te guiará para o lugar em que você deve estar. Não importa o que faça da vida, se entregue a uma missão e ela será, em sua vida, a mais emocionante.



Todas as notícias

comentários