Festival Galetto de Publicidade incentiva produção acadêmica

Escrito por Lucas Rocha em 08 de dezembro de 2009

Realizada no dia 12 de novembro no auditório central do Unasp, campus Engenheiro Coelho, a entrega da segunda edição do Festival Galetto de Publicidade premiou os melhores trabalhos acadêmicos em quatro categorias: Mídia Impressa, OOH (Out of House), Produção de áudio e Produção de vídeo. Ao todo, 38 alunos fizeram as 15 publicidades inscritas para o Festival, que foram avaliadas por 12 profissionais reconhecidos no mercado.

O Festival Galetto de Publicidade tem como principais objetivos divulgar os trabalhos acadêmicos realizados pelos alunos do curso de Publicidade e Propaganda do Unasp, e aproximar os alunos do mercado de trabalho. O nome do festival é um trocadilho com o galo, símbolo da publicidade. Como o prêmio se destina aos alunos (pequenos galos), galetto foi o nome escolhido para o festival que se dedica, em sua totalidade, à fomentação da produção acadêmica de publicidade.

Na avaliação dos 15 trabalhos inscritos, 12 profissionais renomados - como Marco Lepera (dono da Agência Lepera), Saulo Mileti (diretor de arte do Grupo Total) e Marcelo Conde (Redator da W/Brasil) – ficaram impressionados com a qualidade dos trabalhos. Uma produção de áudio abordou o tema “pixação” e chamou a atenção de Saulo Mileti. “O trabalho Pixação foi de tom sério e bom gosto. Soube falar de forma inteligente algo muito relevante, mas que é ignorado pelas pessoas”. E é isso que a publicidade feita em meios acadêmicos faz: fala de coisas sérias que a população ignora.

Exemplo disso foi o trabalho vencedor da categoria Produção de Vídeo. O trabalho é uma campanha contra o abandono de idosos e mostra um depoimento de uma senhora que vive sozinha. O vídeo produzido pelos alunos Fábio Fernandes, André Lopes, Bernardo Coelho e Myrian Garcia - todos a menos de um mês da formatura em Publicidade e Propaganda – deixou o diretor de arte do Grupo Total sem adjetivos. “Não tem nem o que dizer, meu voto vai para ‘Velhinha’”, exclama Saulo Mileti.

Os outros trabalhos premiados foram o anúncio contra o abuso infantil, na categoria Mídia impressa; a peça publicitária para rádio para o produto salsichas pururu, em Produção de áudio; e o outdoor para a companhia aérea Azul, na categoria Out of house. O grande vencedor da noite foi o aluno Adiel Bento com a publicidade da companhia aérea Azul, que no 1º ano de curso venceu o Grand Prix, prêmio para o melhor trabalho do festival. Com o texto “Voo Azul é sem o assento no meio. Mais conforto pra você”, Bento ganhou duas vezes: melhor trabalho do festival e prêmio Galetto de OOH.

Para defender o prêmio na próxima edição do Festival, Bento terá uma concorrência maior. O professor Fábio Ramos, idealizador e organizador do Galetto, afirmou que existe a possibilidade do prêmio ser concorrido por alunos de outras instituições. “Quero também ter a participação de outras faculdades da região, como Campinas e Limeira”, pretende Ramos. “A gente espera que para o próximo ano fique ainda melhor, com mais participação dos alunos, participação do pessoal de outras instituições, para fazer uma grande noite de gala, como foi hoje”.


Todas as notícias

comentários